quarta-feira, 23 de julho de 2014

O Eletricista


        Não sou perfeita. Acho-me simples demais e acho que  sou uma mulher de pouca fé.  Em compensação, me acho super protegida de Deus. Hoje me questionei se realmente tenho o merecimento de tanta proteção, já que em alguns momentos não desejei ser protegida. Minha vida é um enigma que tento decifrar todo dia. Sou estudante de mim mesmo, da vida, das pessoas.. Esses dias ando muito triste, introspectiva. Sei que não deveria me sentir assim quando espero mais consideração das pessoas que eu estimo tanto, pois elas não tem nenhuma obrigação para comigo. Mas isso me destrói por dentro. Apesar de as amar incondicionalmente, me sinto usada. Às vezes acho que deveria me conter mais nesse amor, não me abranger tanto, não me dar tanto, me afastar para elas não terem este poder de me deixar triste. Outras vezes penso que não as amo incondicionalmente como penso, e sim necessito ser necessária sempre para elas e isso deve ser dependência emocional. Não sei. Há tempos que me pergunto por que sou assim. Não deveria depender delas em nenhum sentido, mas por que insisto persistentemente até mesmo sendo rejeitada, evitada. Eu não sei por que estou falando isso, talvez só desabafando. Na realidade quero falar da PROTEÇÃO DIVINA, essa que me seguiu por toda esta vida.
     Hoje o eletricista veio colocar o chuveiro elétrico, que havia tirado no mês de maio e trocado por um que não era elétrico. E fiquei impressionada quando ele subiu no telhado e viu que os fios não estavam conectados e nem poderia por que eram curtos demais. Ainda disse que ali nunca desceu água quente. Ora, usava chuveiro elétrico desde a construção da casa em 2010 e tinha água quente. Depois, comprei mais fio para dar certo a conexão e agora tem água quente. E o que isso quer dizer? Por todo histórico de minha vida que não foi nem um pingo convencional, e apesar de tudo ainda estar contando a história, devo entender que ainda tenho muito a aprender, crescer e evoluir nesta esfera terrestre. Ao me deitar agora pensei muito sobre o significado de tudo isso. Por quê? Por que minha vida está sendo preservada tanto? E a resposta veio: Por que ainda não acabou e ainda tem muito mais para você.


    O certo é que agradeci emocionada pela proteção e me senti mais amparada e protegida. Acho que isso quis dizer que não estou só, embora me sinta. Deus sempre está presente nas nossas vidas, Ele nunca nos abandona. E parece que quando perdemos a fé ou quando estamos desconectadas dEle, Ele nos manda um sinal para não esquecermos que Ele está ali sempre por perto. Devo crer que este foi apenas um dos que já tive. Depois dessa, espero aumentar a fé e deixar minha vida nas mãos de Deus por completo, pedir que Ele me guie. E que tudo ocorra de acordo com Sua vontade. E que eu possa ver sempre esses sinais de Seu AMOR.

Lia